Saudade de Festa Junina? Vamos saber curiosidades sobre as danças de quadrilha no Brasil e sua origem?

Vai ter festa junina, sim senhô! Que tal começarmos sabendo curiosidades das danças de quadrilha no Brasil?

Em diversos estados brasileiros a festa junina é tida como uma tradição de peso e não passa despercebida por suas roupas típicas, comidas e comemorações marcantes que são renovadas a todos os anos. Em época de pandemia, iríamos adorar nos vestir de xadrez, escolher nosso par e ir pro arraiá. Mas como as comemorações estão restritas e a aglomeração proibida, vamos aprender um pouco na teoria de onde surgiu a tradição das danças de quadrilha que temos nas festas juninas?

A quadrilha ou quadrilha junina, quadrilha caipira, quadrilha matuta é o estilo de dança popular conhecida no Brasil. Com teor típico caipira ela se alastra por todo o país nos períodos de junho e julho. Por se tratar de uma dança popular, sua linguagem se aproxima da coloquial e dos meios sertanejos e nordestinos.

Mas de onde se originou a quadrilha?
Acredite, a quadrilha teve origem na Inglaterra, no século XIII. Mas depois se popularizou e foi adaptada à cultura fancesa e se desenvolveu a danças de salão.

Assim, a quadrilha ficou popular na nobreza europeia. Se disseminando por todo o continente, até chegar a Portugal, sendo assim, a dança se tornou popular no Brasil no século XIX, mediante a influência portuguesa no país.

Por mais que fosse uma dança cheia de meios artísticos, mais tarde a quadrilha conquistou o povo e adquiriu significados novos e mais populares. Assim, se popularizou nos meios rurais como forma de festejar e agradecer as colheitas e homenagear santos populares: São João, Santo Antônio e São Pedro.

As principais características da quadrilha:

Entre tantas coisas que lembramos ao dançar quadrilha, temos as principais características, que sempre nos vêm a mente quando pensamos em montar uma, não é?

A dança em pares, conhecida como bailadas e suas coreografias específicas. Os passos de quadrilha: “Olha cobra!”, “Hora de formar o túneeeel!”, “Vamos para o casamento”…
Claro, não podemos esquecer das roupas típicas: os bigodes, cavanhaques com camisas xadrez e chapéus de palha em homens e os vestidos coloridos e floridos nas mulheres!

Toda essa festa é sempre regada de muita música junina e animação!! Sempre ouvimos a sanfona, a viola, o violão tocando e fazendo dessa festa ainda mais característica. Deu uma grande saudade não é mesmo? Que tal colocar uma playlist ai na sua casa, preparar um milho verde, uma pipoca, aquela paçoca e curtir em casa mesmo uma quadrilha? Ao menos nesse ano não vamos deixar essa comemoração passar!

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *